Crônica de uma vitória inesperada.

Quem poderia imaginar que o Fluzão iria conseguir ganhar do lanterna do campeonato fora de casa? Acho que nem o torcedor mais doente. Jogo fácil definitivamente não é com o Fluminense. Só que o futebol tem dessas coisas e o imponderável aconteceu. Foi lá e surpreendentemente venceu.

Nem mesmo o Renato em campo foi capaz de atrapalhar. Continuou não acertando nada. Ainda bem que desta vez não acertou nenhum adversário. É famosa no mundo da bola a Lei do Ex. É comum um jogador enfrentar seu ex clube e apresentar uma boa performance. Vez ou outra até gol faz. O Renato ano passado jogou no Avai. Nossa, essa lei nem deve ter atormentado o sono do Guga. O torcedor do Avai, coitado, segurando a lanterna, sofrendo com o time, deve até ter comemorado a ausência do Lucas. Comemorado tipo um gol. Porque gol é uma coisa que eles não estão vendo muito. Talvez até pensaram, que com a presença do Renato, poderiam marcar um golzinho no time que vinha de 14 jogos seguidos vendo a própria rede balançar.

Só que eles não contavam com a presença de REIginaldo, o novo dono da zaga tricolor. Não os culpo. Eu também não contava com ele. E graças ao Rei não sofremos gol. Vamos torcer pra esse reinado se prolongar por muito tempo porque o Renato Chaves e o Gum já estavam fazendo com que eu perdesse a cabeça.

Lá na frente tá tranquilo. Ceifador fez o que já está virando rotina. É tanto gol que eu já estou me empolgando, achando que ele é realmente artilheiro, melhor até que o Guerrero. Eu achar é tranquilo. O problema é ele começar a acreditar nisso. A boa é torcer pra ele manter a cabeça no lugar e que aconteçam muitos penaltis até o fim do campeonato. Mas era jogo pra ele fazer uns três de uma vez e abrir vantagem. Essa média de um gol por jogo não vai virar rotina. Ou alguém acredita no Ceifador artilheiro do Brasileirão com 38 gols?

E palmas para o Abelão. Finalmente acreditou no Mascarenhas. O ruim é que o moleque já começou bem demais além da conta. Já parou Vinícius Jr e agora fez um golaço. Algum empresário ganancioso certamente já prepara um dvd com esses lances para mostrar lá na Europa.

Três a zero. Quem vê o resultado até acha que foi fácil. Muito pelo contrário. Só relaxei um pouco depois do terceiro gol. E por alguns minutos apenas. Depois que o Marquinho entrou eu até temi uma reviravolta no placar.

Wendel. Dourado, Richarlison… esses todo mundo quer. Marquinho ninguém quer levar.

Vamos ver se agora melhora um pouco. Mais perto da Libertadores e com alguma folga em relação à zona da degola.

Coitado do Avai. Achou que o Maicon ia ajudar. Eu mesmo cheguei a pensar que talvez ele pudesse fazer alguma coisa. Fluminense adora levar gol de estreante. E ele até fez, contra. E ainda colaborou no golaço do Mascarenhas. Que péssima estreia. E o Maicon é Maicon Douglas. Se continuar desse jeito a torcida do Avai nunca mais vai dormir.

Eu dormi tranquilo.