Como lidar com um cliente que não tem agilistas?

Já vou começar dando um conselho. Tenha paciência. Em especial se você for o PO.

Paciência é a chave de tudo.

Respira fundo. Segura na mão do seu UX e respira fundo. Bebe uma água.

Eles vão te pedir manual de uso do sistema. Bebe mais um gole.

Eles vão reclamar da documentação estar pulverizada, de ser por sprint. Respira fundo. Mal sabem eles que vocês já estão abrindo uma exceção só por ter a documentação. Bebe um gole d’água.

Eles vão entrar em discussões sem fim, que parecem sem sentido, só por que eles não compreendem o que você está falando. Paradigmas inquebráveis em discussão. Bebe um café.

É extremamente frustrante, eu sei. Em especial por que eles estão pagando, e você se sente em uma posição frágil. O stress aumenta e tudo o que você quer perguntar é por que contrataram em ágil então. Mas tenha paciência. No fundo, essa é a sua chance de espalhar um a metodologia um pouco mais.

Eles não fazem por mal. De verdade! Eles só nunca fizeram software de outra forma. Eles foram ensinados assim a cada passo da vida, com cada uma das práticas disfuncionais que eles propõem sendo pregada como a solução para todos os problemas.

Eu só posso recomendar paciência. E coragem. Você está no ponto ideal para introduzir uma mudança de cultura. E essa é uma das coisas mais poderosas, mais maravilhosas que você pode fazer.

Paciência. Por que é devagar. É morro acima.