Começa obra de revitalização do pátio da matriz

Revitalização será realizada em duas etapas (Nuno Moreira/Folha Areadense)

| NILSON JÚNIOR MOREIRA — 22 DE FEVEREIRO DE 2016

| cidade - Começou nesta segunda-feira (22), a obra de revitalização do pátio da Igreja Matriz. Por volta das 7h, o pároco de Areado, Padre João Batista, abençoou, junto com um grupo de fiéis católicos, o início do projeto.

Desde o começo do ano, a igreja vem anunciando essa revitalização, que será realizada em duas etapas. A primeira será pela parte da frente da matriz e se estenderá até as portas do meio. A segunda será do meio da igreja para trás.

O pároco de Areado, Padre João Batista (Nuno Moreira/Folha Areadense)
“Não se trata de uma aventura irresponsável, mas de um sério trabalho técnico devidamente aprovado pelas instâncias superiores e pelos conselheiros da comunidade, bem como por mim, responsável direto pelo cuidado pastoral e patrimonial dos bens da Igreja neste momento”.

A polêmica tem sido a colocação de uma grande de proteção, o que levou a muita gente a pensar que a igreja iria ser fechada, o que, segundo o religioso, não é verdade. De acordo com ele, a colocação dessa grade de proteção é uma exigência do código de obras. “O referido projeto foi elaborado e será executado dentro das normas e exigências de segurança. Um exemplo é o guarda-corpo, e não grades, que será colocado ao redor do terreno, necessário para a segurança dos transeuntes”, explicou.

Os fiéis terão acesso livremente ao pátio pela frente da matriz ou por entradas laterais. Além deste guarda-corpo, também serão plantadas palmeiras e colocados vários bancos e postes de luz na frente da porta principal da Matriz.

Na segunda etapa — a do fundo da matriz — acontecerá a ampliação da sacristia e a construção de banheiros, de um fraudário e uma sala, onde serão expostas imagens e o arquivo histórico da paróquia — o local será chamado Museu São Sebastião.

Bênção aconteceu na manhã desta segunda-feira (Mila Santos/Folha Areadense)

Segundo Padre João, o projeto é arrojado e cuidadoso. “Não se trata de uma aventura irresponsável, mas de um sério trabalho técnico devidamente aprovado pelas instâncias superiores e pelos conselheiros da comunidade, bem como por mim, responsável direto pelo cuidado pastoral e patrimonial dos bens da Igreja neste momento”.

Mudanças. Durante a revitalização, as celebrações sofrerão algumas alterações, como nos casamentos. As noivas, por exemplo, terão que entrar pelas portas laterais, uma vez que será colocado um tapume na entrada principal da matriz. “Os noivos estão sendo orientandos e esclarecidos sobre o improviso”, explicou Padre João.

Ainda de acordo com ele, os horários das missas não serão alterados e a programação da Semana Santa será “toda especial e bem diferenciada, visando alcançar um número maior de fiéis”.

| Veja imagens de como ficará a obra

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Folha VIP’s story.