MUSIK-Expedition: Alemanha, julho 2017

Forno Harmônico
Jul 17, 2017 · 7 min read

Retrospectiva da Expedição Musical São-Joanense na Alemanha entre 2 e 14 de julho nas cidades de Koblenz, Colônia, Höchstadt an der Aisch, Erlangen, Nuremberg, Bamberg e Bubenreuth.

Recepção calorosa no festival de verão da Universidade de Koblenz-Landau

No dia 3 de julho, 14 são-joanenses desembarcaram em Frankfurt e de lá se dirijam para Koblenz. Os estudantes e professores do Conservatório Estadual de Música Pe. José Maria Xavier e da Universidade Federal de São João del-Rei coordenados pelo professor Dr. Modesto Fonseca e liderados pelo idealizador do Instituto Spix e Martius, Lucio Barreto, foram carinhosamente recebidos pelos estudantes alemães. A visita de 4 dias na Universidade de Koblenz contou com coordenação do anfitrião e professor Dr. Christian Jeub — diretor musical da Universidade de Música de Koblenz-Landau. O concerto da orquestra formada pelos músicos brasileiros e os estudantes de Koblenz apresentou a música barroca das Minas Gerais e a música popular brasileira na igreja de Santa Cruz, com Christian Jeub ao piano e regência do professor Modesto, encerrando o festival de verão UNIMUS 2017.

Primeiro concerto da MUSIK-Expedition em solo alemão, em conjunto com alunos da UniKoblenz, encerrando a programação do festival de verão UNIMUS — celebrando a parceria entre a UFSJ e a Universidade de Koblenz-Landau
A MUSIK-Expedition promoveu também diversos passeios turístico-culturais e intervenções urbanas como por exemplo no Mensa (RU) da Universidade em Koblenz e nas ruas da cidade de Colônia. A Expedição percorreu ao todo cerca de 889 quilômetros em solo alemão.

Após 4 dias na cidade de Koblenz e 1 passeio de 220km de trem até a cidade de Colônia, a Expedição Musical viajou 331 km ao sul da Alemanha, em direção a escola Ritter Von Spix em Hochstadt — cidade natal de von Spix. Em uma escola que leva o nome do pesquisador e cavaleiro alemão, a MUSIK-Expedition realizou diversos recitais de música brasileira para os nossos anfitriões, mães, pais e alunos da escola, celebrando os 200 anos da Expedição pioneira dos alemães Spix e Martius no Brasil entre 1817 e 1820.

Recitais e concertos de música brasileira na Ritter von Spix Schule e no CEG Christian Ernst Gymnasium

De Höchstadt para Erlangen, a MUSIK-Expedition desembarcou no CEG Christian-Ernst-Gymnasium onde promoveu diversos recitais e uma oficina sobre ‘Ritmos Brasileiros’ que apresentou para cerca de 15 estudantes de música alemães ritmos como o xote, o baião e o ijexá.

André Luiz Mendes Pereira ministrou a oficina Ritmos Brasileiros para alunos do CEG-Erlangen, com o apoio de Lucio Barreto (tradução) e Eduardo Pinheiro (violão)

Os alunos do Christian Ernst Gymnasium puderam experimentar e tocar alguns instrumentos de percussão tradicionais do Brasil, conhecendo os ritmos brasileiros e suas origens. A próspera cidade de Erlangen - onde nasceu a Siemens e o pesquisador von Martius — recebeu a Expedição Brasileira de braços abertos, tapete vermelho, com direito a bandeira do Brasil na recepção na estação ferroviária de Erlangen. A equipe brasileira foi recebida com uma visita guiada e um pique-nique no Museu da Siemens.

Após uma breve e intensa passagem por Höchstadt, a MUSIK-Expedition voltou para Erlangen, onde passou a maior parte da segunda fase da viagem, coordenada pelos amáveis anfitriões, Christian Stemmler, Manfred Hopfengärtner.

Concerto em conjunto com alunos do CEG na Kreuz+Quer ‘Haus der Kirche’ na cidade de Erlangen

A Expedição percorreu ao todo cerca de 889 kilômetros em solo alemão, passando por 7 cidades: Koblenz, Colônia, Hochstadt, Erlangen, Nuremberg e Bamberg. Além dos concertos, recitais e oficinas a Expedição Musical fez diversos passeios e visitas guiadas, em locais onde alguns fazem questão de chamar região da Francônia e em outras cidades da região Bavária.

Imagens da visita a casa do mestre em Lutheria Ghünter H. Lobe, e a visita guiada ao Museu da Lutheria em Bubenreuth

Em um de seus muitos passeios, a MUSIK-Expedition passou pela cidade da lutheria, Bubenreuth, onde visitou o Museu da Lutheria e a oficina do mestre luthier Ghünter H. Lobe.

A MUSIK-Expedition teve a honra de representar a música brasileira apresentando o Guanduo para um público de mais de 1200 pessoas em um magnífico concert hall em Erlangen. Os estudantes brasileiros integraram a Orquestra de estudantes do CEG-Christian Ernst Gymnasium em um grande concerto de encerramento do semestre letivo da instituição.

O Guanduo, formado por Juliano Câmara e Eduardo Pinheiro — um duo de violonistas de Tiradentes-MG, que atualmente residem em Dresden (Alemanha), onde cursam juntos o mestrado em Violão - somaram seus violões de 7 cordas e a música instrumental e autoral do Brasil à Expedição Musical 2017.

E a Expedição continua…

Na quinta-feira, 13, os tripulantes da Expedição foram até a cidade de Nuremberg, onde participaram de uma visita guiada pelo cantor natural de São João del Rei, Emanuel Veloso, que apresentou-lhes a Ópera da cidade, onde trabalha desde 2012.

Visita à Ópera de Nuremberg, guiada pelo cantor Emanuel Veloso, profissional da ópera e natural de São João del Rei-MG

Em seu último evento na Alemanha, os músicos e estudantes da MUSIK-Expedition são-joanense participaram da inauguração da nova sede da BAYLAT e celebração dos 10 anos de sua fundação.

O quarteto MUSIK-Expedition na inauguração da nova sede da BAYLAT, encerrando a sua jornada de 14 dias e 22 eventos em solo alemão.

O Instituto Spix e Martius teve ainda a honra de visitar o Jardim Botânico de Erlangen, uma exposição sobre os 200 anos da Expedição de Spix e Martius ao Brasil foi organizada pela Universidade FAU-Nuremberg.

Visita a Exposição sobre os 200 anos da Expedição de Spix e Martius ao Brasil entre 1817 e 1820 — organizada pela FAU-Nuremberg
  • Cerca de 30 horas de viagem, 18.000 km no ar + 889 km na terra, 12 pessoas, 12 dias, 22 eventos, ensaios, concertos, recitais, passeios, visitas guiadas, palestras, oficinas, celebrações e cerimônias institucionais.

Dia 3 — Visita guiada a Universidade de Koblenz

Dia 4 — Intervenção no Mensa (RU) da UniKoblenz e Visita ao Museu ‘Casa mãe de Bethoven’

Dia 5 — Ensaios, intervenções urbanas e passeio na cidade de Colônia

Dia 6 — Concerto na igreja de Santa Cruz, encerramento UNIMUS, em conjunto com alunos da UniKoblenz

Dia 7 — Recitais na escola Ritter von Spix Schule, na cidade de Hochstadt

Dia 8 — Concerto de música brasileira no colégio Christian Ernst Gymnasium CEG-Erlangen

Dia 9 — Concerto na Casa das Igrejas em conjunto com alunos do CEG-Erlangen

Dia 10 — Visita a BAYLAT — Centro Universitário da Baviera para América Latina do Ministério da Educação, Ciência e Arte

Dia 11 — Visita ao Museu da Siemens e participação no Grande Concerto de Verão — junto a Orquestra do CEG-Christian Ernst Gymnasium no ‘Concert Hall’, Erlangen.

Dia 12 — Visita ao Arquivo da Cidade de Erlangen, Palestra com Dr. Jakob zur Geschichte. Visita ao Museu da Lutheria da ‘Bubenreutheum Verein’ e a oficina do luthier Günter H. Lobe em Bubenreuth. Oficina de ‘Ritmos Brasileiros’ no CEG-Erlangen.

Dia 13 — Passeio em Nuremberg com visita guiada à Ópera da cidade. Festa de Agradecimento e despedida das familias anfitriãs no Biergarten Unicum, Erlangen.

Dia 14 — Visita a Exposição sobre a Expedição no Jardim Botânico e passeio na cidade de Bamberg. Pequeno Recital e intervenção urbana: participações especiais na cerimônia de inauguração da nova sede da BAYLAT e celebração de seus 10 anos de fundação, Erlangen.

Tempos, eventos, espaços e pessoas…

Concertos e recitais: 7
Intervenções Urbanas: 2
Oficinas: 1
Visitas e passeios guiados: 9
Celebrações e cerimônias institucionais: 3

Tempo: 14 dias
Eventos: 22
Cidades: 7
Pessoas: 14
Horas de vôo: cerca de 28 horas / pessoa
Kilômetros no ar: aproximadamente 19.174 km
Kilômetros em solo alemão: aproximadamente 889 km
Kilômetros em solo brasileiro: 770 km
Total (km) percorrido por cada integrante: aproximadamente 20.833 km

Ou aproximadamente 42.000,00 Euros.

Mas ainda não acabou!

A edição brasileira da MUSIK-Expedition — a Expedição Musical — precisa da colaboração de pessoas físicas e da iniciativa privada de São João del Rei e região para acontecer entre agosto e setembro.

Vem aí a segunda fase da Expedição Musical 2017.

A MUSIK-Expedition Brasil (2a edição) acontece em São João del-Rei entre 16 de agosto e 09 de setembro recebendo a visita de mais de 30 alemães durante os 24 dias de festival, com oficinas, workshops, palestras, intervenções urbanas, visitas guiadas, passeios eco-culturais, recitais e concertos. Participe! Você pode colaborar também de diversas maneiras: Como?

  • Tornando-se um guia/anfitrião de um estudante de música alemão:

Os convidados ficam hospedados em casas de familiares, amigos e estudantes universitários que se mostrem dispostos a anfitrionar e guiar este estudante nos dias iniciais de sua estadia, até a sua adaptação a cidade

  • Oferecendo hospedagem solidária a um estudante de música alemão:
  • Apoiando ou colaborando com recursos não-monetários
  • Patrocinando ou investindo no projeto
  • Comprando os produtos da MUSIK-Expedition
  • Contribuindo com quanto quiser ao ‘chapéu do evento’ no ato de inscrição nas oficinas e ao final dos concertos e recitais

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade