o arrependimento é um punho fechado que tenta entrar pela boca para acertar o coração
carinho é um beijo rápido no saco
Renato Fellas
93

Sabe Renato ao ler o teu texto fui sendo mobilizada a não parar de lê-lo… o sentimento crescente foi trazendo fatos de outras pessoas que a gente vai deixando passar por nossa vida ou porque falou o que não devia ter falado ou porque silenciou o que deveria ter sido dito. Eu ando meio impaciente com alguns comportamentos des/umanos que, às vezes, temos em excesso.

Poxa! Será que não dá pra voltar a ser criança? E agir mais por impulso, beijando e abraçando, dizendo que se gosta do outro — assim, só por gostar?

Que droga deixarmos passar tanta gente, sendo legal ou não, sem conviver com a gente. Ando preocupada comigo que não me decido se é para “pensar de menos e agir de mais” ou se é para “pensar de mais e agir de menos”.

Belo texto, Renato!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Francinete Braga Santos’s story.