Não, não virei Francisco.
Marcus Brancaglione
41

Caro Marcus:

OK, compreendo, creio, sua posição.

Certamente me confundi, talvez outros leitores seus, devido à minha tendência particular: dou prioridade a repercutir frases e textos daqueles que aprovo ou que me instigam positivamente. Pensadores que, a meu ver, vão nos conduzir aos caos e ao fracasso social prefiro ignorar. Lembro do físico Lawrence Krauss que decidiu não mais debater com criacionistas e outros do tipo pois, diz, lhes dava uma audiência e permitia que ouvintes acreditassem que os dois tipos de argumentos tinham fundamentação equivalente. No caso, a meu ver Gelderloos não tem o famoso “valor de redenção social” suficiente para merecer o apoio. Ademais, no século 21, a extensão de seu texto é garantia de não ser lido. Talvez ele esteja apenas preparando uma tese para o PhD. No caso entendo, a academia continua no século 19 mesmo….

Abraço

Francisco

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Francisco Nobrega’s story.