Como estudar em casa

É preciso muita vontade e disciplina para aprender sem professores e aulas presenciais. Por isso separamos algumas dicas para te ajudar a vencer esse desafio e estudar em casa.

Aprenda a estudar em casa

Ambiente de estudo O cérebro não foca duas coisas ao mesmo tempo, então simplicidade e silêncio ajudam na concentração. Boa luminosidade diminui a sonolência, mas luz excessiva inibe a produção de melatonina, o hormônio do descanso, e pode causar insônia.

Escolha bem seu ambiente de estudo

Mantenha uma rotina Estabeleça horários fixos para dormir, comer e estudar, pois isso ajuda seu corpo a se ambientar e seu rendimento é melhor aproveitado. No entanto, o sono merece uma atenção especial: ele restaura as sinapses, elo transmissor entre os neurônios, e melhora o funcionamento do cérebro. Oito horas é o ideal.

Estabeleça metas Determine, por exemplo, quantos capítulos você vai ler em determinadas horas. Isso estimula a motivação e facilita o planejamento.

Conheça e respeite seus limites A concentração diminui a cada 50 minutos de estudos consecutivos. Então faça uma pausa de 10 minutos por hora para descansar. O melhor momento para estudar o assunto mais importante do dia é as 11h, pois o córtex pré-frontal, responsável pelo raciocínio, alcança potência máxima.

Fluxo da consciência Além dos exercícios práticos para testar o aprendizado, outra alternativa é escrever o que vier à cabeça sobre o tema sem se preocupar com a lógica e a pontuação. Isso pode ser usado posteriormente como resumo para provas.

Se divirta Não adianta focar 100% nos estudos, pois o stress esgota a atividade dos neurônios, causa problemas na transmissão e faz com que as sinapses não ocorram adequadamente. Por isso, saia aos finais de semana para relaxar.

Originally published at frankgeyer.wordpress.com on August 18, 2015.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.