Image for post
Image for post

originalmente publicado na revista Ocas, 2019

“Papai, a vovó vai trazer o Brasil com ela?”. Sete meses depois de mudar de país, o filho ainda gostaria que alguém trouxesse em suas malas o calor, a língua, os pássaros, a família e o estoque infinito de farinha de mandioca que ele não sabe de onde vem, mas sabe que gosta. …


Reflexões sobre a perda do arquivo Curt Nimuendajú no incêndio do Museu Nacional

O trabalho do etnógrafo alemão naturalizado brasileiro Curt Nimuendajú com os povos originários brasileiros é considerado um dos mais importantes na antropologia e lingüística brasileiras. Seus manuscritos estavam guardados no Museu Nacional, que pegou fogo no último domingo (2), e, segundo a professora Gumercinda Gonda, se perderam assim como todo o acervo de línguas indígenas do Museu.

Image for post
Image for post

Curt e Telêmaco Borba são dos poucos indigenistas que deixaram relatos sobre os oti-xavantes, povo originário do oeste paulista (região onde nasci) exterminado no início do século XX. Segundo Telêmaco, o r puxado do interior paulista (/r/ retroflexo) era encontrado na fala dos Oti, assim como na de alguns povos jê, como seus “rivais” — os kaingangs. …


Essa resenha juvenil eu escrevi no meu penúltimo ano de faculdade. Acho que a paixão ainda se salva

Image for post
Image for post

Como cenário a Paris entre guerras. Como definição as palavras do próprio autor: “Isto não é um livro. É libelo, é calúnia, difamação…”. Como prefácio uma declaração de Ralph Waldo Emerson simplificando: “Estes romances cederão lugar, pouco a pouco, a diários ou autobiografias.” E assim a vida se transforma em arte nas letras do avô dos beats e rebeldes, Henry Miller.

Nascido no Brooklyn, EUA, em 1891, Henry Valentine Miller representa um ponto de virada na literatura mundial, uma influência para autores como Anaïs Nin, a geração hippie, Buk e todos os obcecados por liberdade sexual, viagens e boemia. Henry, e Céline antes dele, influenciou esses séquito na forma autobiográfica de escrever, mas suas histórias não devem ser levadas ao pé da letra. …

About

Fred Di Giacomo

Escritor. Jornalista multimídia. Autor do romance “Desamparo”. Co-criei os jogos Filosofighters e Science Kombat pra Super. 7livros e 1 filho.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store