“Canções para ninar adultos” por Xico Sá

Fred Di Giacomo
Aug 11, 2015 · 2 min read

(O texto abaixo foi originalmente publicado como orelha do livro “Canções para ninar adultos” de Fred Di Giacomo.)

Todo cuidado é pouco, senhoras & senhoritas,“Canções para ninar adultos” é obra de um tarado. Um leitor-escritor tarado, capaz de trazer para o jogo da narrativa o jeito tranquilo do matador Chester Himes e a viagem sem fim de Céline.

Logo de cara, Robert Louis Stevenson, o maior narrador da história da humanidade, também vira meio personagem em uma dedicatória. É a escrita sampleada de um tarado por livros.

Bukowski, Allen Ginsberg, Allan Poe e Nelson Rodrigues em ilustração do “Canções para ninar adultos”

Um escritor-leitor taradíssimo, rápido nos diálogos como um devasso de pornô-chat que alcança o paraíso. Na literatura, só os tarados têm o direito de tocar os leitores. O resto é chatice com solenidade mofada.

Borges, Caroll, Saramago e Kafka em ilustra para o livro “Canções para ninar adultos”

Fred Di Giacomo faz um free-jazz que junta o repertório de vasta leitura com a velocidade fragmentada da sua geração. Falando em jazz, pule as páginas e vá direto ao encontro do Sr.Count Basie. Depois rebobine e recomece.

Fred Di Giacomo autografando no lançamento de “Canções para ninar adultos”

Ao chegar em Suvenir City (No conto “Garoto Alado”), tente levar uma vida slow-motion. Fique na SP do saloon Glicério ou volte para Penápolis. Há sempre uma boa encruzilhada na viagem deste livro. Eu não voltei até agora.

Xico Sá, escritor e jornalista, é autor de “Big Jato”, “Chabadabadá — As Aventuras do Macho Perdido e da Fêmea que se Acha” e + 10 livros. Na TV, participa dos programas “Cartão Verde” (Cultura) e “Saia Justa” (GNT).

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade