Somos todos farinha do mesmo saco

Quando vc fala sobre política é inevitável que alguém responda “É tudo farinha do mesmo saco! Nenhum presta!” essa resposta é um sintoma claro de diversas coisas, sensação de que nada vai mudar, falta de fé no sistema, falta de fé nas pessoas e algo um pouco mais escondido…

MUDANÇA: As coisas mudam? Sim mudam.
Em maioria sem a nossa supervisão e só alimentam o próprio sistema que não acreditamos e que a maioria de nós não conhece (Alienação). Mal sabemos propor melhorias legais que se encaixe nele.

FÉ NO SISTEMA: Não é magia. É ver o que funciona e manter. Ver o que não funciona e tirar.
Mudar todo o sistema se for necessário, mas sem conhece-lo nem a fé cega vai fazer funcionar. Afinal ele está na mão de quem conhece e sabe manobra-lo, mas não dá para confiar. Muitos falam em destruir e reconstruir mas para isso não dá para colocar uma bomba. Se não sabemos as regras do jogo não podemos jogar (Alienação).

FALTA DE FÉ NAS PESSOAS: Esse é um dos mais polêmicos, todo mundo já se decepcionou politicamente.
Mas a maioria não lembra, se o cara que votou fez alguma coisa de verdade ou no mínimo corre para tentar descobrir se ele aprovou coisas que vc acreditava ou se esteve envolvido em algum escândalo (Alienação). Ficamos a maioria nos mesmos nomes ou partidos. Se decepcionando cada vez mais e dizendo que nada muda. Sempre tem nome novo que se alinha a pauta que você acredita, não se envolveu em nada mas que não tem tanta grana de campanha e nós ficamos sem saber por não procurar (Alienação).

ALIENAÇÃO: Você já reparou que a alienação alimenta todos os pontos?
Se a gente não entende, não procura alguém novo para acreditar, não sabe propor a mudança (geral ou setorizada), fala em destruir tudo (que não vai acontecer) e responde “É tudo farinha do mesmo saco!” isso demonstra o quanto preferimos nos alienar, não queremos pensar em política, queremos que as coisas funcionem sem precisar pensar nisso. Mas isso não vai acontecer. Um ditador faria isso, não precisaríamos pensar e não teríamos voz. Mas continuaríamos descontentes. Nos falta o básico, educação, saúde e etc e por não entender direito como resolver chamamos quem se manifesta de coxinha ou mortadela. (Alienação) Somos coniventes com a corrupção, a gente fala que não para as grandes mas aceitamos as pequenas corrupções diárias, sem se questionar, e não sabemos ao certo o quanto ambas nos prejudicam (Alienação). Ex.: carteirinha de estudante falsificada, gatonet, metrô ou trem bala que nunca saem do papel e etc.

Lembre-se que temos o governo que merecemos. Durante anos viramos as costas para a política. Somos um país novo que nada vai mudar para melhor se a gente não começar a se envolver cada dia mais nesses processos, a tecnologia está aí para ajudar e eu não estou falando de fazer memes. EU AMOS OS MEMES mas o que me deixa mais feliz é ver esse movimento começar acontecer. Vai demorar anos mas vai melhorar. Ninguém precisa se tornar especialista, mas tentar entender minimamente é necessário.

Antes de dizer que são todos farinha do mesmo saco, meça sua alienação parça!

Frederico Aguiar

**Se gostou escreve aí, e se acha que estou culpabilizando a vítima ou estou muito errado escreve também, vamos melhorar essa visão juntos. Mas já sabe, haters gona hate, e eu só respondo quem vem de boa.