CALEXIT: A possível separação da Califórnia com o restante do país.

Por: Milena Auzier e Jeisse Ximenes

Hoje vamos conversar sobre o famoso CALEXIT.

Para início de conversa, durante a toda a sua campanha o presidente eleito nos EUA, deu a entender que passaria a aplicar politicas isolacionistas, o que pode dificultar as movimentações econômicas entre os EUA e outros países.

Muitas companhias da região do Vale do Silício, não apoiam a ideia, visto que empresas como a Apple que precisa fabricar os seus telefones celulares na China para ter um custo menor. Então, há uma movimentação na Califórnia defendida por diversos empreendedores, investidores e tem alguns nomes grandes da região que provavelmente vão apoiar como o fundador da Paypal, Peter Thiel, Shervian Pishevar, o bilionário que investiu na Uber em sua fase inicial.

No site americano “Yescalifornia.org” apresentam no texto a seguinte frase “The case for Independence in 9 simple Points.”

1. “PEACE AND SECURITY” (PAZ E SEGURANÇA)

A Califórnia é forçada a subsidiar os exércitos dos EUA. E isso é preocupante para a para a população de lá, porque é como se eles fossem associados por pertencer ao país. Evitando esse subsidio, evitaria também atentados contra o Estado da Califórnia.

2. ELECTIONS AND GOVERMENT (ELEIÇÕES E GORVENO)

Desde 1876 os votos da Califórnia não afetaram as eleições americanas.

3. TRADE AND REGULATION (COMÉRCIO E REGULAMENTAÇÃO)

Por causa da burocracia do governo, dos impostos e das regulamentações, acaba transformando o comércio deles menos competitivo.

4. DEBT AND TAXES (DÍVIDAS E IMPOSTOS)

Eles são forçados a tomar dívida para sustentar o país.

5.IMMIGRATIONS (IMIGRAÇÃO)

O Sistema imigração americano, não é mais compatível com o da Califórnia, o que está negligenciando a economia e algumas famílias da Califórnia. Se a Califórnia conseguir a separação ele vão poder criar políticas de imigração que faça sentido para eles.

6. NATURAL RESOUCES (RECURSOS NATURAIS)

Certos minerais e outros recursos naturais como carvão, petróleo e gás natural estão sendo extraídos da Califórnia por taxas de valor de mercado abaixo de empresas privadas, com a permissão do governo dos Estados Unidos.

7, THE ENVIRONMET (MEIO AMBIENTE)

A Califórnia é o líder global em questões ambientais, por isso, ela não quer mais fazer parte de um país que ainda polui o meio ambiente, ela irá tentar reduzir as emissões de carbono e tentar usar os recursos naturais de uma forma mais sustentável.

8. HEALTH AND MEDICINE (SAÚDE E MEDICINA)

Mesmo com a criação do programa “The Affordable Care Act” esse programa não alcança muitas famílias no estado. A ideia é criar um programa de saúde que possa beneficiar toda a população, mesmos aqueles que não possam pagar os medicamentos e consultas. Visando usar os subsídios concedidos.

9. EDUCATION (EDUCAÇÃO)

E por fim eles defendem uma melhoria nas escolas públicas, mesmo eles tento as melhores universidades do país. Ou seja, eles vão ser capaz de financiar a educação pública deles

Estivemos falando com alguns amigos californianos e algumas pessoas que moram na Califórnia e, por mais surpreendente que pareça, algumas pessoas não tem nem ideia de que se trata o movimento.

Para outros, o movimento separatório, diferentemente do brexit -expressão que mistura as palavras “Britain” (“Bretanha”) e “exit” (“saída”)- que é rompimento histórico dos britânicos com a União Européia, o Calexit não teria esse mesmo fim.

Os que aderiram ao movimento separatista, não aceitam o presidente eleito, Donald Trump, e afirmam que a Califórnia pode manter-se como um país.

Segundo o ‘Yes California’, para se poder consolidar a proposta, esta tem de ser aprovada por dois terços da Casa dos Representantes do Senado e ser aceite por pelo menos 38 dos 50 estados norte-americanos.

Site: http://www.yescalifornia.org/

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.