Coisas da vida

“Sufocante. É como estar trancada em uma caixa de ferro, sem ter a certeza que vai conseguir escapar algum dia. É como como se uma névoa tivesse sugado todos os meus sentimentos e todas as coisas que me fazem ser quem eu sou, desde os defeitos que eu mais odeio as qualidades que eu mais admiro em mim mesma. Não tenho certeza se ainda sou eu mesma, porque a única coisa que sobrou foi esse vazio terrível, que parece me consumir mais a cada dia que passa.”

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Victoria’s story.