poesia_14

Dia da derrota

nesses dias que a gente desmonta

nada se mantém inteiro

é fragmentária a dor

lá de dentro.

a roupa desabotoou

a vida aconteceu

botão virou flor

calor arrefeceu.

o mundo é garimpo

nessa tarde de domingo

o ouro não se mostra

não agora,

nem depois.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.