Ela é flor

Não tem tempo, não tem espaço, não dá. E assim se afoga em um mar de desculpas. Afunda até que sufoca e decide nadar.

Bastou um movimento para sentir que ainda estava viva. Ela decide que é hora de voltar das profundezas. Não quer mais água, ela quer terra. Ela pisa forte e semeia.

Quando vê, aflora.

Currently listening: Not About Love — Fiona Apple

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.