E nossos amores são hábitos do coração — disposições e inclinações que são mais apanhadas do que ensinadas. Nossos apetites e desejos são hábitos do coração que absorvemos através dos ritmos e das rotinas aos quais nos entregamos.
Você Talvez Não Ame o Que Você Pensa
Daniel Vieira
1673

Isso é maravilhoso!

Like what you read? Give Gabriel Lazarotti a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.