No coração

Deus nos criou à sua imagem e semelhança. Pôs em nós um coração, não exatamente posicionado ali no centro, levemente inclinado para o lado esquerdo do peito. Mas um coração que pulsa do centro da existência. Não é o lugar de onde brota nossa paixão pelo outro, mas é o local da raiz do religare. É dele que procedem as fontes da vida, segundo as Escrituras, onde Deus concentrou toda a criação para o seu serviço. É o significado mais completo do nosso ego em Cristo, o self completo. Em Adão experimentamos a apostasia do coração, em Cristo, porém, a verdadeira humanidade do homem foi implantada por meio da entrega do centro de Sua existência.

No coração Deus colocou toda a sua eternidade, porque dEle são todas as coisas.
No coração, a eternidade.
No coração…

Like what you read? Give Gabriel Lazarotti a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.