Aonde o peixe para.

Existem pessoas que entram na nossa vida pra nos mostrar como é bom se abrir para o mundo depois de um período de dor. Eu conheci alguém assim recentemente. Enquanto eu andava sem ver mais as cores do mundo, com um medo e uma indisposição para conhecer gente nova, me apareceu alguém com um sorriso sincero, um habilidade nata para me fazer rir e também pra reconhecer meu mau humor e além disso me apresentou uma pizza de brócolis que virou o novo amor da minha vida.

E quando temos alguém que nos faz rir desse jeito fácil, a gente percebe que existe um mundo todo fora e longe de quem escolheu seguir um caminho distante do nosso ou de quem nos decepcionou. Mas a gente entra numa ideia de conformismo e deposita em um único alguém a capacidade de te fazer feliz sendo que nem nós mesmos tentamos fazer isso pela gente.

Então, obrigado pela pizza de brócolis, pelo drink de café, pelo café amargo naquela manhã quente, pelo abraço quando minha ansiedade não me deixou mais dormir e principalmente por além de me fazer sorrir, deixar eu te fazer sorrir também.

Like what you read? Give Gabriel Bernardi a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.