Tenho uma história pra contar! Pega um café e senta aqui.
Talita Weh
51

Estive presente durante toda essa narrativa, bem de pertinho. Aprendi MUITA coisa com você, e sou muito grato. É duro demais tentar fazer o RPG se transformar numa profissão. A batalha de ego, a sujeira, falta de caráter muitas vezes desanimam demais, mas a gente sempre pode encontrar algumas pessoas importantes pra gente se manter de pé, e até nos ajudam a manter nossa sanidade; mesmo que uma gotinha delas.

Mas mesmo depois de tudo o que passa, eu ainda consigo ver um futuro nesses projetos, no seu, no meu, e o de quem mais for.

Enfim, te desejo sucesso. ❤

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.