Boi de Piranha: Temer, a CUT e o GOLPE
Raphael Tsavkko Garcia
182

Raphael, te sigo no face tem um tempo (e abro um parentese pra dizer que concordo com 95% das suas postagens) e percebi que, assim como outras figuras de esquerda mais ou menos proeminentes na rede, você nega o golpe — ou “a narrativa do golpe”. O que me parece se tratar de um purismo da intelligentsia esquerdista vaidosa em um receio de ser confundido com petista e “necrogovernistas”. O erro, na minha opinião, quanto essa posição é o de simplificar o golpe como se fosse apenas uma traição do PMDB ao PT, uma apunhalada pelas costas, essa novelização da política brasileira (que justiça seja feita, foi aventada por muitos militantes. Eu acredito que foi golpe — e muito golpe — não contra o PT, mas contra a Constituição Cidadã, a CLT e o trabalhador brasileiro. Que o PT se “lambuzou” e adotou a agenda neoliberal ao mesmo tempo em que aparelhou e amansou os movimentos sociais — CUT e MST principalmente-, deve ser sempre lembrado sim, mas essa esquerda purista, muitas vezes, esquece dos acertos dessa gestão do Lula, principalmente. Assim, eu acho que a esquerda que se pretende propositiva, tem mesmo que fazer o luto do lulopetismo e virar a página, mas estudando e apontando alternativas à médio e longo prazo pra sociedade que queremos. Mas, à curto prazo, muito pragmaticamente, que soluções teremos em termos de eleições em 2018? Ciro? Já avisou que, se Lula vier candidato, ele não vem. Nesse caso, o que sobra de opção factível? Lulu Genro? Não dá, né. Então deixamos o PSDB continuar o estrago do Temer (ou da chapa Dilma-Temer, for that matter) em nome de um purismo ideológico? São perguntas que eu me faço quando me deparo com essa galera que admiro e respeito muito, mas parecem presos demais à bolha do intelectualismo de esquerda.

No mais, excelente texto e articulação dos fatos. Coisa rara ultimamente de se encontrar por aí…

Like what you read? Give Gabriel Esteves a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.