Last night

Noite passada (sábado) fui convidada por uma amiga brasileira para ir a um aniversário em um PUB tradicional em New Haven, o GPSCY.

Chegando lá, fui avisada que você só entra se possui algum vinculo com Yale ou se está sendo convidado por alguém que estuda em Yale. O tal PUB, possui duas áreas grandes para frequantar, com sinuca, TV, sofás, bares e uma ‘lounge room’ para festas particulares.

A aniversariante da noite reservou o lounge por U$50 e você pode tocar a sua própria seleção musical, ter seu próprio barman e luzes que acompanham a batida da música que toca no momento. Muito legal e muito barato! O local é uma graça.

Vamos as observações da noite: aqui ninguém se arruma muito pra sair não. Pelo que pude perceber, o pessoal é bem menos preocupado com a aparência fisica em si, mas estão sempre dispostos a um bate-papo.

Isso reflete também no modo de dançar, onde a regra é…. não tem regras! Dance como se ninguém te olhasse. OK! Isso é engraçado… ri muito. Entrei na onda. Dancei. Dancei com meninos, meninas e em grupo.

Anna e Gabi (Brasil), AJ (Austrália) e Filipa (Portugal)

A música estava ótima! Clássicos do rock, anos 80, The Doors, indie, enfim…ótimo!

Havia pessoas de toda a parte do mundo: Brasil, Portugal, Croácia, Libano, Alemanha, EUA, Holanda e etc. Sempre que você diz que é do Brasil, as pessoas te abrem um sorriso. Ainda não sei se isso é bom ou ruim, mas tenho sido bem tratada.

Self com a aniversariante da noite, Filipa! Miguel, Anna e Gabi (Brasil) e X (não consigo nem pronunciar, quanto mais escrever o nome do cara da Polônia)

As bebidas aqui são bem baratas também e isso pode ser um problema! Toda bebida destilada tem o mesmo preço das cervejas! Ou seja, me dei bem…. no Brasil sempre paguei mais caro por não tomar cerveja, mas aqui é exatamente o mesmo valor. A média das bebidas = U$3.00–4.00.

Cheers!!!!

As coisas aqui em New Haven ficam abertas somente até as 2hrs da manhã. Após isso você é literalmente expulso dos lugares. Então, após beber, dançar, comer e ser expulso, você simplismente pega o telefone e liga para o Shuttle de Yale. Não importa onde e nem a hora, eles enviam um carro de Yale para te buscar onde quer que você esteja e te deixam na porta de casa!

Sensacional! E para não ficar esperando do lado de fora, eles ligam uns 2 ou 3 minutos antes de chegar ao endereço, só para avisar que estão chegando. Você entra no carro, tem ar condicionado, motorista simpático que te espera entrar dentro de casa e da boa noite. Só falta te colocar na cama e cobrir. Achei o máximo.

Resumindo a noite foi ótima! Sempre muito bom conhecer pessoas novas, novas histórias, compartilhar da mesma saudade de casa, descobrir, poder escrever aos poucos mais um capitulo da sua história e no final se divertir.

Um brinde as mudanças! ☺

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.