Antes de semifinal, Primeiro Ministro da Croácia exalta campanha da seleção e comenta possível revanche com a França

Entrevista com o Primeiro Ministro da Croácia em frente ao hotel da seleção

Poucas horas antes de Croácia e Inglaterra entrarem em campo por partida válida pela semifinal da Copa do Mundo, na Rússia, o Primeiro Ministro da equipe croata, Andrej Plenković, concedeu uma entrevista para a imprensa na porta do hotel da seleção — o Swissotel Krasnye Holmy — antes de se deslocar para acompanhar o confronto no estádio.

O diplomata, que assumiu a posição em outubro de 2016, chegou ao local por volta das 14h30 (horário local) vestindo a camisa tradicional quadriculada da seleção com seu sobrenome estampado nas costas. Bem-humorado, Plenković fez questão de começar elogiando a grande campanha do time: “Primeiramente gostaria de parabenizar os jogadores, nosso treinador e toda a associação de futebol da Croácia. Eles fizeram a nação inteira sonhar pelas últimas semanas e nós ainda estamos aproveitando esse incrível momento com fantástico entusiasmo. Nossa nação está respirando com o time essa noite”, afirmou.

Com três vitórias, a Croácia terminou a primeira fase na primeira colocação e depois superou Dinamarca e Rússia nos pênaltis para chegar à semifinal. Caso vença a Inglaterra, estará na final da Copa do Mundo pela primeira vez na história e enfrentará a França, que derrotou a Bélgica pelo placar de 1 a 0, em São Petersburgo.

“Se ganharmos eu acredito que será a maior conquista de todas e então nós poderemos ter a chance de uma revanche com a França na final. Não posso dizer como a Croácia está se sentindo hoje, mas eu estou muito orgulhoso da nossa equipe” — completou referindo-se à semifinal disputada na Copa do Mundo de 1998 onde o time francês venceu os croatas e depois sagrou-se campeão derrotando o Brasil.

Durante a coletiva, o Primeiro Ministro também destacou que esteve ontem (10) em Londres ao lado da Primeira Ministra da Inglaterra, Theresa May, onde os dois trocaram camisas das respectivas seleções e aproveitou para brincar sobre o entusiasmo dos torcedores ingleses cantando a frase “O futebol está indo para casa”. Em sua conta no Twitter ele disse ter postado que “O futebol está indo para a Croácia” e que eles irão escrever uma canção sobre isso também.

Na saída, Plenković fez questão de cumprimentar os torcedores que se aglomeravam na entrada do hotel onde o time croata está hospedado, desejando boa sorte na noite de hoje.

As seleções da Croácia e Inglaterra entram em campo às 21h desta quarta-feira (11) para definir o segundo finalista da Copa do Mundo de 2018, no Estádio Lujniki, em Moscou, na Rússia.