Desabafo inútil para as novas gerações
Rodrigo Teixeira
272

Eu acreditava que essa geração fosse a que mais faria diferença. Tinha expectativa e esperança. Mas eles têm preguiça para tudo, são lentos e desmotivados. Acho que a última força vista foi aquela dos jovens saindo às ruas em época de Diretas Já. Ainda bem que isso ficou na nossa memória, só na memória…acho que não veremos mais…

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.