SMS

Enviei mensagens ao seu endereço
esperando ser mais presente
responder suas perguntas

mas você nunca perguntou

Recolhi as palavras escritas
doando-as para meu travesseiro
gritando tudo que senti
sobre ter te conhecido

Estou impaciente e ansioso
resgatando as ruínas dentro de mim
os meus hábitos insanos
pensando sobre você, talvez nós
nossas mensagens e textos
parecendo se importar

Olhei para a tela do celular
vi seu nome nos contatos
li o que estava em seu status
“ O vento leva a saudade “

Quem é que traz de volta?

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Gabriel Bernardo’s story.