Raimundo

Hoje vou contar a história do Raimundo. Raimundo era um jovem, estudava filosofia na UFRJ. Chamavam Raimundo de vagabundo, sem futuro, enfim, muitos rótulos, afinal, filosofia é inútil.

Raimundo não mostrava raiva, Raimundo era feliz. Raimundo conseguiu encontrar a felicidade sem depender dos críticos, Raimundo era genial, ainda tinha tempo de ser feliz.

Raimundo deu aula em cursinho, ensinava assuntos nobres, marginalizados. Mas Raimundo era um cara esperto, os alunos gostavam do Raimundo e de sua filosofia, afinal, Raimundo amava o seu trabalho, Raimundo transparecia felicidade, era cativante. Raimundo casou, foi feliz, mas Raimundo nunca precisou de ninguém pra ser feliz, embora ela ajudasse, ele já era feliz antes. O povo que falava de Raimundo, fez engenharia, direito, medicina, pra ganhar dinheiro. Não tinham a felicidade de Raimundo.

Enchiam os bolsos de dinheiro, mas a cada momento, esvaziavam o coração.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Gabriel Costa’s story.