Do que as pessoas mais precisam?

O mundo atual é basicamente dividido em duas classes sociais: os ricos e os pobres. Os ricos, muitas vezes, acham que dominam o mundo, por terem uma importante posição. E os pobres, que sempre precisam de algo,geralmente sonham um dia serem ricos. Hoje a maioria das novelas retrata esses dois lados do país: o abundante e o miserável.

“Mas dinheiro não é tudo na vida”. Todos já devem ter visto alguém falar isso, mas talvez nunca se perguntaram: se não é o dinheiro que é tudo na vida, o que seria então?

No meu ponto de vista, o que todos nós precisamos é de alguém que esteja no nosso lado, de alguém que possamos confiar, de alguém que nos apoie, de alguém que nos ame verdadeiramente, em doação, sem esperar uma recompensa por nos amar. Pode parecer idiota a ideia de que o amor é mais importante que o dinheiro, mas creio sinceramente que sem amor, nada seríamos.

Com o amor você cura todas as feridas, não é? Então por quê você não pode curar a crise do seu coração com o amor? Ou até mesmo a crise do país? Se os políticos tivessem um pouquinho de amor no coração pelo país ou pelo que fazem, com certeza lutariam para que o país estivesse com uma boa reputação e em melhores condições.

Na atual situação econômica e politica, o Brasil está mal falado em outros países, com a economia desequilibrada e nos carregando para uma crise difícil de ser curada. Os políticos não se interessam por uma boa qualidade de vida no país.Só se preocupam com os próprios bolsos e pretendem se apropriar do dinheiro público como melhor lhes aprouver, levando, assim, o Brasil cada vez mais ao fundo do poço. Mas se eles amassem o país, não gostariam de ver o Brasil como está hoje.

O amor, certamente, é muito melhor e maior que o dinheiro. Uma prova disso é que não se precisa de muito para ser feliz, como percebemos na vida daquelas pessoas que apesar da situação que enfrentam sabem ser felizes . A felicidade não vem só para os ricos, mas para todos!

E com isso eu encerro minha reflexão. Acreditando que o Brasil ainda será um pais com uma excelente qualidade de vida e com uma reputação melhor do que a de muitos outros países, se encararmos essa crise juntos, com amor!

Gabrielle Santana 8ºE

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.