Farto
e cansado,
desses casos,
que perderam todo acaso.

Esses lances,
sem amores,
nem cores.
Mas, talvez, com dores.

Ah... esse superficial,
essas bocas...
De quem são?
E esses olhos....

Eles mentem, são sinceros?
Esse descarte
Mercado de almas...
Que vende tudo, mas não entrega a alma.

Me abstenho disso.
De preencher esses buracos,
com vazios indelicados
e beijos solitários.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Gabriel Mello’s story.