Narcos mente sobre o papel de Pinochet
Jornalistas Livres
668

Oi, Laura. Gosto muito dos seus textos, tanto aqui quanto na Ponte. Mas permita-me discordar. Não sobre Pinochet, claro. Em primeiro lugar, porque há um aviso de que se trata de uma série de ficção que antecede todos os episódios. Depois, porque na minha opinião o contexto justifica a frase sobre o ditador/genocida. Digo, do fato de ser um (personagem que é) agente da DEA falando, e, obviamente, não o Padilha. Não vejo sentido em colocar a frase de um personagem e suas posições políticas ou de qualquer tipo como se fossem do diretor ou roteirista. Isso seria uma limitação tremenda para a(s) arte(s), não?

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.