Sentir é empreender. Amar é investir.

A pedido de um grupo de investidores e empreendedores do whatsapp que participo, tento — pela primeira vez — escrever meu sentimento sobre o ecossistema de startups | scale-ups brasileiro.

Me refiro a sentimento, pois, pra mim, nada é mais importante que o nosso sentimento, nossa intuição, nosso amor. Todo significado e significância que temos e|ou damos a tudo que vivemos, experienciamos e agimos deve partir de um princípio mais humano, universal.

Destes mais de 20 anos no mercado de internet, dos quais, quase 15 anos empreendendo e investindo, posso dizer que AMAR e SENTIR são os únicos ativos que temos.

Se você sente que vai dar certo, você age em direção ao seu objetivo. Se você ama o que faz ou uma ideia, você tem forças para seguir em frente mesmo diante de vários obstáculos. Afinal de contas, tanto para quem empreende quanto quem investe, trata-se de dedicação, compreensão, persistência e muita resiliência. Nada são flores. Tudo exige muita concentração e, acima de tudo, energia. E o amor é fonte infinita de energia.

O empreendedor que não ama a si próprio, não saberá empregar amor naquilo que faz. Idem o investidor, que precisa aprender a olhar o empreendedor e o empreendimento com amor.

Numa relação mútua e recíproca de amor, todo e qualquer valuation cai por terra. Toda e qualquer relação em direção a não justiça, ao não equilíbrio, perde e deixa de fazer sentido.

O empreendedor que faz tudo com amor, buscará ser justo ao valorar sua empresa pois tem consciência do esforço que o investidor teve para poder juntar o dinheiro necessário para realizar o aporte em seu projeto e terá muito mais austeridade com as finanças da empresa. O investidor que age e pensa com amor, também buscará uma valoração justa e, mais que isso, dedicará tempo, inteligência e amor ao projeto. Valorizará o pró-labore do empreendedor e nutrirá uma relação benéfica com todos os stackeholders.

O problema é que as pessoas que estão hoje neste ecossistema, por algum motivo, ainda não conseguiram internalizar o amor verdadeiro, altruísta, incondicional que empreender e investir exigem.

Encontrar o equilíbrio nesta relação exige maturidade, imparcialidade e amor. Sem isso, todos, investidores e empreendedores, inclusive os clientes e a sociedade, perderão.

Aos empreendedores: não percam suas famílias por um sonho. Não vale a pena. Aos investidores: não busquem unicórnios, busquem um empreendedor que nutra e distribua amor.

Só assim, quiçá, um dia teremos um ecossistema maduro.

Com amor e carinho,

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store