Li seu texto e me veio uma pergunta. É retórica, não precisa me responder.
Flavio RB
1

Pois é Flávio, nunca fui para o campo racional nessa relação com o estar sozinha. Talvez eu evite, mas, ao mesmo tempo, de forma fria, penso que se de fato evitasse não conseguiria produzir tal texto, me despir de tais incômodos. Acho que, como qualquer ser humano, minha relação com a solidão é complicada demais para responder suas perguntas.

Sim, sou jovem, completo 26 no próximo mês, e talvez ainda perca essa chamada “independência” que tanto me orgulho, mas vou deixar o tempo com essa responsabilidade.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.