O texto dele não é para nós “feministas”, não é para nós “mulheres”.
Mirle Ferraz
102

Um texto sobre trágicas mulheres secundárias escrito de um homem para vários homens.

Interessante como isso lembra metade (sendo gentil) da literatura mundial, feita para homens já que mulheres não deveriam ler.

Nada novo sob o sol.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.