Real Madrid empata com o Villarreal e encerra sua sequência de vitórias na La Liga

Time merengue saiu atrás no marcador e chegou ao empate com Sergio Ramos, mas não conseguiu remontar e deu adeus ao 100% de aproveitamento na temporada.


Por: Caio Cesar

👉 ESPANYOL 0–2 REAL MADRID

Real Madrid e Villarreal empataram em 1 a 1 na tarde desta quarta-feira (21), no Santiago Bernabéu, pela 5ª rodada da La Liga. Os visitantes saíram na frente com um gol de pênalti, marcado por Bruno, já no final do primeiro tempo; no começo do segundo, Sergio Ramos empatou de cabeça e deu números finais ao encontro.

O sistema tático ofensivo não foi alterado mesmo com a ausência de Casemiro, lesionado. Toni Kroos ficou à frente de Sergio Ramos e Varane, tendo James na meia-direita e Kovacic, substituindo Modric poupado, na meia-esquerda. Posteriormente, ainda no primeiro tempo, os dois "reservas" inverteram suas posições na tentativa de confundir a ótima marcação do Villarreal, que até então anulava o trio BBC. Sem sucesso. A lentidão para chegar na intermediária de ataque custou caro aos comandados de Zidane.

Sem conseguir criar chances claras de gol durante os primeiros 45 minutos, os merengues foram surpreendidos no final e tomaram o 1-0 após Sergio Ramos meter a mão na bola dentro da área e o árbitro assinalar pênalti, bem cobrado por Bruno, que venceu Casilla com uma cavadinha. O lance que originou a jogada do pênalti surgiu enquanto o Madrid atuava com um jogador a menos, visto que Marcelo, aos 43’, saiu contundido e Carvajal demorou a entrar. Entrou só depois do gol. No entanto, antes mesmo da entrada do espanhol, Danilo, que fez um bom jogo, foi para a lateral esquerda e deixou a direita aberta. Até eu que sou mais bobo aproveitaria de tamanha bondade e espaço...

Sergio Ramos se redimiu por ter cometido o pênalti logo no segundo minuto da etapa final. Após cobrança de escanteio executada por James Rodríguez, o zagueiro capitão subiu como os torcedores do Atleti conhecem e empatou a partida no Santiago Bernabéu. Logo em seguida Kovacic colocou a bola na cabeça de Benzema, que arrematou e quase remontou para os donos da casa.

O Villarreal sentiu o empate e, consequentemente, o Madrid cresceu. Cristiano Ronaldo e Gareth Bale ja haviam ficado no quase quando o próprio galês deixou o gramado para a entrada do queridinho Lucas Vázquez, aos 72 minutos. Outro queridinho, Álvaro Morata, também entrou para buscar a remontada, aos 76'.

Remontada que quase tornou-se realidade após cruzamento de quem? Lucas Vázquez. E cabeceio de quem? Morata. Asenjo teve de aparecer para milagrosamente impedir o 2-1. O Madrid partiu pra cima nos minutos finais. Aos 85’, após cruzamento de Danilo pela esquerda, posição que passou a ocupar após a saída de Marcelo, Vázquez aproveitou bobeada da defesa amarela e por pouco, também, não marcou. Até Cristiano Ronaldo foi parado por Asenjo, aos 88’, após receber de Carvajal da direita. Não deu.

Aos 93 minutos, o árbitro encerrou o confronto para a revolta dos jogadores merengues, visto que durante toda a segunda etapa o Villarreal ficou fazendo cera, sem contar as cinco substituições que ambos os treinadores fizeram. Carvajal, por reclamação, foi amarelado. González González, que também amarelou durante a partida Cristiano e Kroos, não saiu bem do Santiago Bernabéu.

O Madrid pagou por um primeiro tempo sonolento e por um instante em que teve de atuar com um jogador a menos. O Villarreal, tirando este momento de superioridade numérica, praticamente não exigiu defesa alguma de Casilla.

Com o empate, o time merengue não conseguiu quebrar o recorde de vitórias consecutivas na La Liga. Ficou com os mesmos 16 triunfos do Barcelona de Pep Guardiola, na temporada de 2010/11. A liderança do campeonato, porém, ficou assegurada por mais uma rodada.

Os merengues voltam a campo no próximo sábado (24), às 15h45, frente o Las Palmas, no Gran Canaria, pela 6ª rodada da La Liga.

👉 LAS PALMAS 2–2 REAL MADRID


Siga a Galeria CR7 no Twitter. 🐦