Resident Evil 7

Opinião de um fã.

NÃO CONTÉM SPOILERS

Meu fascínio por Resident Evil começou cedo, lembro que o primeiro título finalizado foi o 2, no PS1. Fui impactado de tal maneira que logo corri atrás dos demais, e assim iniciei minha longa caminhada no universo macabro e apocalíptico de RE.

Nos anos que seguiram joguei RE 3, RE 1, RE Survivor, RE Code Veronica, RE 4, RE Outbreak 1 e 2, RE Dead Aim, RE Zero, RE 5, RE 6, RE Revelations 1 e 2 e por fim o polêmico Resident Evil 7! Durante todos estes anos pude acompanhar de perto a evolução da franquia, os acertos, os erros e os fracassos.

Confesso que meu amor pela série começou a esfriar após o lançamento de RE 5 e RE 6. Eu sentia falta dos enigmas, dos puzzels e da sensação de sobrevivência, que haviam me marcado tanto nas gerações passadas. Como muitos sabem, após Resident Evil 4, a Capcom deu um novo rumo para a franquia, trazendo mais ação e inovando a jogabilidade por completo.

Para muitos (me incluo) RE 4 foi o melhor título da série, para outros foi o pior. Quem está certo ou errado não importa, pois é fato que após o 4 TUDO mudou. Era de se esperar que a jogabilidade fosse repensada, afinal estávamos estreando uma nova geração de consoles, não tínhamos mais limitações dimensionais em cenários estáticos, tudo podia ser mais real e foi!

Resident Evil 4 (Google Imagens)

Os deslizes que a franquia vinha sofrendo estavam longe de ser na jogabilidade, para mim faltava essência, faltava fidelidade ao propósito de se jogar Resident Evil. O que me fez apaixonar pela série foi justamente tudo aquilo que lhe foi tirado, após o 5.

Não havia mais “survivor”, tudo era facilmente resolvido com golpes sobre-humanos, infinitas munições e muita proeza no combate. Zumbis, aranhas gigantes, cães infectados e aberrações de laboratório foram substituídas por super-humanos infectados, que eram capazes de manusear armas complexas e veículos.

Resident Evil havia se tornado um incrível game de ação, com temática apocalíptica. Eu entendo que para os novos fãs isso foi irado, mas para aqueles que acompanhavam a série por tantos anos… foi um tanto frustrante.

Quando tudo parecia perdido, inclusive após o lançamento da Demo de Resident Evil 7, eis que a Capcom me surpreendeu, calou minha boca e entregou de FATO o MELHOR título desde o RE 4.

RESIDENT EVIL 7: O começo de uma nova era!

Como muitos de vocês eu também questionei a câmera em primeira pessoa, eu também o comparei com Outlast, P.T e tive a plena convicção de que veríamos mais um game de ação. Pra mim RE 7 seria o tiro no pé, definitivo, da franquia. Eu nunca estive tão errado.

Logo de cara você percebe que o survivor está de volta, as munições são escassas, você é um ser humano comum em um ambiente extremamente macabro, curioso e ASSUSTADOR. Os puzzles também estão de volta, no melhor estilo! Analisar objetos para descobrir segredos, trocar itens de lugar para abrir passagens secretas. FICAR COM O C*&# NA MÃO ao ouvir o rangido da madeira ou ver a sombra do inimigo no corredor… é, isso me parece Resident Evil.

Ao longo da campanha, de aproximadamente 9 horas, você vai se apaixonar pelos vilões, assim como já foi apaixonado pelo Tyrant, Nemesis, Wesker, Lickers e tantos outros. A trilha sonora está impecável, nostálgica, digna de um clássico. Os ambientes são novos, mas com pinceladas do passado. As salas seguras estão de volta e é incrível perceber que, ao adentrar qualquer uma delas, a sensação de segurança te domina.

O personagem principal, Ethan, desperta o seu interesse ao longo da jogatina, tornando-se uma peça chave para desvendar os mistérios da trama e criar uma ponte entre os outros títulos da série. A Capcom fez o dever de casa, ouviu os fãs e nos entregou um novo verdadeiro Resident Evil.

Não se deixe enganar pela câmera em primeira pessoa, pelo personagem desconhecido e pelos erros do passado. Resident Evil 7 é um game feito pra quem sempre amou a franquia! Acredito que RE7 será o novo divisor de águas, assim como RE4 foi em 2005. Como eu disse anteriormente, não importa o quanto mudem a jogabilidade, desde que a essência da série seja mantida. Queremos sobreviver, apenas isso, sobreviver.

Meu Resident está vivo, mais do que nunca! O que você acha? Concorda? Comente sua opinião e vamos conversar. :)

Já conhece meu canal? Se inscreve lá: https://goo.gl/eJf0rf