é difícil dormir sozinha com teu cheiro nos travesseiros.

eu quero acordar cedo, envolta no edredom e enrolada nos teus braços. enquanto mais um soneca desperta, recebo beijos despretensiosos na testa. uma das coisas que eu mais amo nesse mundo, beijos na testa. levanta logo, aquece o café, pega a guitarra decorativa no canto da sala e afina nota por nota. sorrio com os olhos por te ver sentado ali, no meu sofá. são oito horas da manhã de terça-feira e o apartamento ecoa dedilhados em cordas de aço e cheiro de sono com amor. entra no carro, me deixa na porta do trabalho. me chama pelo nome completo com tom de sério. te cuida, nos vemos pronto. arruma essas malas, embarca nesse avião. quinze dias te esperando.

se apaixonar é um processo:
passo a passo, pouco a pouco
e, de repente,
por inteiro.