Que tal um assistente pessoal particular 24 horas por dia? (Parte 1/7)

Essa é uma série de 7 notícias, uma em cada post, onde vou comentar sobre a ascensão dos sistemas inteligentes e como irão impactar nossa vida. Se você não leu minha introdução sobre o tema, vale a pena conferir aqui.

E a primeira notícia é sobre uma inteligência artificial no formato de bot que organiza suas reuniões de forma automática! O nome é Amy Ingram, da empresa x.ai, e ela ajuda as pessoas a organizarem seus eventos através de e-mail.

Como funciona: quando você estiver trocando e-mail com alguém e precisar marcar uma reunião com essa pessoa, basta adicionar a Amy na conversa, como se fosse uma secretária real, e aguardar o convite da reunião. Para isso o usuário precisa apenas ter linkado seu calendário no sistema.

Ou seja, é uma assistente pessoal que conhece sua agenda, suas preferências, e irá, baseado em tudo isso, agendar a reunião no melhor lugar e horário para você. Fantástico.

Quando falamos em robôs, logo imaginamos os humanóides, exterminadores, etc. Mas a maioria dos robôs são apenas softwares, que expostos a uma série de informações conseguem aprender e realizar alguma tarefa. Até mesmo conversar em linguagem natural humana.

O Google Now do Android, por exemplo, é um robô que entende muito de nossa vida e tenta organizar os conteúdos de acordo com nossos gostos, e ainda entende comandos por voz como “Abra o aplicativo Youtube”, “Envie uma mensagem para o Marcelo”, e muito mais. É incrível!

Portanto, os robôs já estão muito mais presentes que podemos imaginar ;) Uma reflexão que fica é: será que o que fazemos pode ser substituído por um robô desses?

Confira a segunda notícia aqui!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Jean Hansen’s story.