A importância das cores vibrantes para o design

Dentre as inúmeras ferramentas do design profissional, o uso das cores e uma das mais importantes. A cor pode chamar a atenção, influenciar as emoções, a percepção, o humor e até as ações.

Cores vibrantes são amplamente utilizadas em projetos de animação (ilustrações), mas nao se resume a apenas isso, sendo cada vez mais aplicado a estilos minimalistas, e segmento empresarial.

Vamos falar rapidamente sobre as 4 principais formas de utilização de cores vibrantes que impulsionam o UI/UX.

Monotone

Essa é uma das maneiras mais populares de usar cores vibrantes. Em suma, faz-se o uso de uma única cor sólida ou com diferentes matizes.

Dessa maneira é fácil estabelecer uma base compacta para o conteúdo em primeiro plano, priorizando a legibilidade.

Duotone

Nesse caso pode-se usar uma cor ou duas cores contrastantes como se fossem sombras. Essa é uma técnica muito utilizada em imagens de fundo. Ela permite que você use a imagem e acrescente expressão combinando esta com uma cor.

A duotone pode transformar a atmosfera da imagem. Por exemplo uma cor brilhante é capaz de criar uma sensação de felicidade enquanto uma cor escura gera seriedade.

Gradientes

O uso do gradiente moderno pode ser aplicado de várias formas e direções, o que torna a técnica bastante ampla.

O “gradient” cria um visual moderno, com imagem ou sem eles expandem a comunicação visual e são percebidos como movimento na imagem, uma vez que o gradiente transmite a idéia de mudança entre duas ou mais tonalidades.

Sobreposição

Uma sobreposição é uma como um filtro de uma lente sobre uma determinada imagem. A sobreposição pode causar um efeito dramático, impressionante e até mesmo pacífico.


A Gauntē é uma one-stop-shop online marketing agency, que oferece, dentre os vários serviços, identidade corporativa, sites e lojas virtuais, promoção segmentada, gestão de mídias sociais e mais.

Originally published at gaunte.com on September 14, 2017.