O menor problema é o quanto pagamos de imposto

A FIESP está com a sua campanha “Não vou pagar o pato” e, ironicamente, eles estão certos de alguma forma: não são eles que pagam a grande parcela dos impostos, não diretamente pelo menos.

Image for post
Image for post

É verdade que nossa tributação é bastante alta em relação ao PIB e só tem aumentado. É uma das maiores cargas tributárias do mundo, do mesmo nível de países desenvolvidos, apesar de não ser a maior como é comumente repetido por ai sem muitos critérios.

O grande porém, que poucos citam, é que nosso PIB per capita é muito baixo, então a arrecadação per capita do Brasil está muito longe de ser parecida com dos países desenvolvidos: é apenas 1/3 da arrecadação em comparação a países desenvolvidos. Ou seja, de fato, não é como se fosse possível nosso governo fornecer serviços do mesmo nível que países desenvolvidos. Isso obviamente não significa que nosso governo faz o melhor possível com o que dispõe, mas é importante ter isso em mente: a gente não produz o suficiente para ter serviços públicos de qualidade, apesar da arrecadação ser relativamente alta em relação ao PIB. …


E nem importa para qual você torce…

Eu sou corintiano, então entendo que você leia esse texto com desconfiança, mas logo coloco: pode sim haver um plano para adulterar os resultados dos jogos, como houve em 2005, só que ninguém pode afirmar isso do jeito que está sendo feito.

Um experimento de psicologia, também envolvendo esportes é muito útil para explicar o porquê de você provavelmente estar fazendo a acusação de forma leviana: alunos de Princeton e Dartmouth assistiram um polêmico jogo de futebol americano entre os times das duas universidades. Ao serem perguntados que time começou o jogo violento, 86% dos alunos de Princeton disseram que foram os jogadores de Dartmouth, enquanto apenas 36% de Dartmouth disseram que foram os jogadores de Dartmouth. …


Para toda questão complexa há uma resposta simples, e ele está errada.

O complexo de “vira-lata” no Brasil todos conhecem: sempre achamos que em outros países tudo funciona bem melhor. Talvez seja verdade para muitas coisas, mas em geral se reclama sem saber mesmo. Em outras palavras, você não tem ideia como é em outro países, mas tem certeza que é melhor.

Apesar de meio chata essa postura, o maior problema é que ela é comumente usado de forma seletiva na hora de sempre criticar o serviço público: se X fosse privatizado, seria bem melhor! …

About

Gabriel Arruda

Reclamações em geral, mas nem sempre.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store