gosto do escuro.

fator intra-uterino,

talvez.

sabe-se lá!

só sei que:

me traz paz.

bem me faz.

o escuro que corre

paralelo ao silêncio

é mais do que aparenta:

é, sobretudo, convite.

convida-me

a conhecer

o “eu”

que há

em mim mesmo,

ainda que a esmo.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.