Desejo Líquido

Quando enfim me apaixonei 
O vento soprou ligeiro 
Aterrou minha varanda 
Revirou meu quarto inteiro 
E ele só não quebrou tudo 
(Bateu portas, o Quasímodo) 
Pois o amor quebrou primeiro 
 
Mergulhando nos teus olhos 
Te despindo dos segredos 
Se por descuido ou maldade 
Semear em teus lajedos 
Pelo meu destino vele
Ante o teu sorriso sele
Nosso amor ou nossos medos.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.