Carta de Intenção ao Programa de Trainee da Johnson & Johnson

Prezados,

Eu me chamo Amanda e o objetivo desta carta é me apresentar aos recrutadores do Programa de Trainee da J&J. Pensei em começar dizendo o que eu mais gosto de fazer: viajar, sendo fisicamente ou por meio de livros, experimentar novas sensações é algo que sempre me trouxe muita satisfação. Além disso, amo animais e adoro me desafiar na cozinha. Tenho 23 anos, estou prestes a me formar em Administração de Empresas e sou muito feliz em ter descoberto minha paixão pelo Marketing, sendo um dos responsáveis por essa descoberta o estágio que faço atualmente na Johnson & Johnson. Até hoje considero essa oportunidade profissional uma de minhas maiores conquistas e orgulhos.

O estágio, inclusive, além de abrir muitas portas para mim, me ofereceu uma grande conquista que me trouxe muita satisfação: o prêmio de reconhecimento “Encore Award J&J”, recebido em consideração por meu desempenho durante um período em que minha área estava passando por uma reestruturação. Na ocasião, tive sucesso em coordenar um projeto, respeitando e mantendo seu prazo, mesmo sem a supervisão de um gestor direto. Além disso, tive que me conectar com diversas áreas e provar que não era somente uma estagiária, mas sim uma figura importante do projeto.

Explorando um pouco mais as conquistas que mais me orgulharam, gostaria de citar uma das experiências mais enriquecedoras que já pude vivenciar: a oportunidade de ter estudado em uma universidade americana durante um semestre acadêmico. Tal experiência me trouxe aprendizados muito maiores do que o adquirido em sala de aula, sendo um momento de grande aprimoramento intra e interpessoal.

Obviamente, nenhuma dessas experiências, que hoje chamo de conquistas, veio sem dificuldade. Na verdade, principalmente no estágio, precisei e ainda preciso me aprimorar a cada dia, e daí vêm meus maiores aprendizados. Gostaria de citar o processo para saber lidar com a dependência dentro do ambiente de trabalho, isto é, entender que dificilmente se avança completamente sozinha e que trabalhar em equipe e saber lidar com diferentes pessoas é fundamental. Além disso, aos poucos fui entendendo a importância da proatividade: insistir no contato com as pessoas, entender que erros fazem parte do processo de aprendizagem e não ter medo de fazer perguntas acabou me trazendo aprendizados valiosos e inesperados. Eu gostaria de ter começado o estágio já com essa mentalidade, mas entendo que o processo de amadurecimento foi necessário.

Apesar de ter amadurecido muito no estágio, considero que o intercâmbio foi a situação de mudança que mais me marcou. Na época, sentia-me receosa pois a cidade em que a universidade estava localizada era afastada e sem infraestrutura, além de sentir pela primeira vez que seria muito tempo para ficar longe de todo o conforto que tinha. Outras preocupações diziam respeito à vida acadêmica, ter de fazer projetos complexos e interagir com outros alunos, de qualquer outra cultura, e servindo-me de um idioma que, inevitavelmente, não dominava com perfeição. A sensação que o sucesso me trouxe é algo que jamais esquecerei e que me marcou muito. Foi muito gratificante, por exemplo, estar presente na lista dos alunos mais bem ranqueados da universidade, a chamada Dean’s List.

Voltando a falar de minhas características, creio que seja importante mencionar que minha família sempre me reconheceu como uma pessoa determinada e focada nos meus objetivos, além de muito ambiciosa. Desde muito jovem, fui considerada responsável e estudiosa. Modéstia a parte, eu concordo com minha família, mas acrescentaria uma característica que trabalho muito para melhorar: minha ansiedade.

O motivo pelo qual desejo enormemente ser trainee da Johnson & Johnson está diretamente ligado ao estágio que realizo atualmente. Apesar de, há muito tempo, conhecer, utilizar e admirar diversos produtos fabricados pela Johnson & Johnson, foi somente com o estágio que eu pude perceber o que é trabalhar em uma empresa que me representa. É uma grande satisfação atuar em um ambiente inclusivo e inspirador. Até aqui, conforme já mencionado, adquiri conhecimentos valiosos e acredito que esse aprendizado pode ser ainda mais intenso durante o Programa de Trainee. Tenho muita vontade de ter ainda mais responsabilidades, enfrentar novos desafios, conhecer outras áreas e, se possível, as outras empresas do grupo. Acredito que os imperativos de liderança da J&J e o seu Credo combinem com meus próprios valores, algo que considero importante para qualquer profissional no momento de escolher a empresa em que irá trabalhar.

Conhecendo a Johnson & Johnson, penso que a mesma seja a empresa ideal para me proporcionar a oportunidade de cumprir meus objetivos de carreira. Busco conseguir trazer resultados que possam contribuir para área em que atuo, além de perceber que, de alguma forma, eu possa ajudar as pessoas, ou seja, as vendas dos produtos devem ter algum sentido ou resultar em algum benefício para os consumidores. Entre os diversos produtos produzidos pela J&J, são vários os que definitivamente se encaixam neste objetivo. Além disso, quero uma carreira em uma empresa que possibilite meu desenvolvimento profissional e pessoal, nunca deixando de lado a qualidade de vida. Ser reconhecida e valorizada também é fundamental.

Penso que os objetivos profissionais e pessoais devem caminhar lado a lado. Por isso, gostaria de ser lembrada como uma pessoa presente no trabalho e dentro de casa, que esteja sempre ajudando quem ama e fazendo a diferença na vida das pessoas, de forma que meu trabalho e minhas atitudes sejam importantes para algum propósito. A situação a evitar a qualquer custo é fazer do trabalho uma obrigação ou uma necessidade. De meus quase dois anos na Johnson & Johnson, esta me convenceu ser um ótimo lugar para atingir estas metas. Assim, além de me sentir muito motivada a fazer parte do Programa de Trainee, acredito ser uma candidata preparada e segura para ter êxito no processo.

Atenciosamente,

Amanda Ginante Alves