Vida

Minha vida com você

é muito diferente

Tudo que pensei em ter

Agora é inexistente

Você me mudou

Você me aprimorou

Agora que estou com você,

penso não no que poderia ter sido,

mas no que ainda há de ser

Até os dias mais sombrios agora são claros

pois com você, minha tristeza reduziu-se a fiapos

Mas ainda sim estremeço com a sensação

de que tudo isso não passa de ilusão

Sim, uma ilusão, e das mais capciosas

feita por pessoas especialmente ardilosas

Pessoas essas muito odiosas

e incapazes de ter o bem no coração

Mas não se engane, ora pois,

pensando que são conhecidos,

quando, na verdade,

não passam de enxeridos

Podem ser políticos raivosos

O vizinho religioso

sua família desdenhosa

Ou até mesmo você

Sim, você, quem me transforma sem cessar

Aquele que me mostrou novos caminhos a trilhar

Que me mostrou o que é amar

Poderia também ser quem brinca com o meu coração

E o joga fora,

sem um traço de emoção

Em um mundo como esse

onde em tudo há desconfiança

Poderia entre nós

ainda haver esperança ?

Amo-te, sim, amo-te

como nunca amei e nunca hei

de amar mais ninguém

Mas de que isso adianta

se no final não passará de outro alguém ?

Poderemos nós superar essa barreira

e construir entre nossas vidas

algo que dê mais certeza ?

Ou seremos apenas amantes inalcançáveis

Fadados a essas estradas desafortunadas?

Sei que são muitas perguntas sem resposta

Mas que independente das mesmas

É com você que eu quero estar

O futuro é estranho e alucinado

Mas é com você que hei de explorá-lo

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.