Coca-Cola e a Magia em Betânia do Piauí

Uma vez houve uma história sobre crianças do sertão do Piauí. Pessoas simples que conseguiam ser felizes e acreditavam na magia de um personagem tão popular do Natal.

A história chama atenção do ponto de vista dos moradores do povoado pacato, quase sem energia elétrica e saneamento, ruas de terra batida, mas de gente animada. Todo dia as crianças brincavam de futebol, improvisando uma bola, andavam de bicicleta, e resgatavam aqueles brinquedos e brincadeiras que hoje estão quase desaparecidos.

Por conta disso, todos moradores iam levando a sua vida dentro das possibilidades. As crianças vão à escola e levam a vida com alegria neste ambiente de dificuldades sem infraestrutura básica de saúde e lazer.

Tudo tranquilo, até que então, surge um problema: elas foram impedidas de brincar futebol no largo da cidade por conta da poeira que levantavam e pela sujeira que deixavam nas roupas, o que resultava em mais água para limpar, E isso acabava com uma das principais atividades de lazer.

Até que então, apareceu um pessoal diferente que começou a entrevistar os moradores do povoado. Os personagens foram surgindo pelas entrevistas até serem selecionadas boas conversas.

No povoado, pouco se sabe sobre o Papai Noel! Algumas crianças falam vagamente, mas sabem que é um período de reunir a família e rezar.

Histórias de vida e sonhos são coletados a partir deste momento, os desejos e anseios da criançada estavam encomendados: por carta, áudio e vídeo, o espectador passou a conviver em minutos e conhecer um pouquinho de cada um entendendo o quanto nós deixamos de valorizar coisas simples. Nessa hora, emocionado, o espectador vê acabar a propaganda com a marca da Coca-Cola e o slogan: “Acredite na Magia”.

Na outra parte, semanas depois, quando no Natal, a praça do povoado lota para ver um caminhão enorme vermelho (com cores e marca) entrar, criando suspense. Hipnotizados, os moradores estavam atento ao que podia aparecer por trás das cortinas, os olhinhos das crianças apreensivas, se perguntavam: quem estaria ali? um cantor? A cortina é aberta e ele aparece com um sorriso enorme inconfundível! A multidão vai loucura! A criançada olha incrédula! É o Papai-Noel! Ele faz nevar papel brilhante! Uma alegria emocionante toma conta de todos inclusive nós espectadores! O momento é mágico, adultos observam com uma alegria pura, o Papai Noel desce e começa a distribuir presentes, brincar, e desde então resolve o grande problema entregando uma obra chamada: “Clube da felicidade” para as crianças brincarem a vontade sem se preocupar com poeira ou roupas mais sujas. Depois foi visitar outras que dormiram e deixou presentes encomendados na porta e aparece na tela “acredite na magia”.

Neste momento a marca é exibida “Abra a felicidade”. Os 3 minutos passam voando você se dá conta que está emocionado na frente da TV e entende que o mais importante da vida são as pessoas que você ama, as coisa simples e que a magia existe, de certa forma existe, valeu Coca-cola.

Visite os links do youtube e perceba a magia:

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Paulo Giovani’s story.