Não posso mais me dar ao luxo

De te enxergar com meus olhos do passado.

Tudo passou e a vida seguiu seu fluxo,

Deixando certas carícias de lado.


Infelizmente, eu que te conhecia por completo

Hoje tenho um certo desespero.

Quando acho que estou perto

Percebo que nada disso é vero.


É estranho não saber totalmente,

Qual seria seu próximo passo.

Deve ser que antes eu era acompanhante.

Agora, estou em atraso.


Mas, não posso me chatear tanto assim.

Eu não sei quais planos o destino tem pra mim.

Talvez seja tu no futuro.

Ou apenas eu, andando no escuro.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.