Carta para meu futuro amor

Eu imagino como será. Levantar cedo, andar pela casa. Preparar o café e ler o jornal do fim de semana. Passada uma hora, volto até o quarto para te acordar. Faço carinho no seu cabelo e fico sorrindo enquanto você tenta abrir os olhos.

Nada mais justo do que dormir bastante. Afinal, você trabalhou até tarde e é sábado. Acho incrível isso. Você sempre foi tão independente e trabalhadora. Pode ter passado muitos anos, mas isso nunca se perdeu.

Sem sucesso, volto para a sala e continuo a ler ou vou jogar algo. O relógio marca meio dia e você levanta. Está exuberante. Sonolenta, mas belíssima! Assim como meu amor do passado. Agora você do presente me pergunta: Como assim!? Quer me trocar?

Hahaha. Jamais.

Esse texto é apenas uma previsão de como te imagino no futuro, fazendo parte da minha rotina.

Voltando…

Você vai direto ao banheiro. Eu te sigo. Lava o rosto e ri porque fico te olhando. Me da um beijo, mas só depois de escovar os dentes, bem sua cara kkk.

Você me deixa no banheiro e passeia pela casa. Para na janela e fica olhando para o horizonte. Pergunta que horas são e se assusta. “O almoço já ta pronto?” Digo que não e vou para a cozinha preparar algo.

Você volta pro quarto, se livra do pijama e olha feio pra o sutiã. Se veste e vai me ajudar.

O dia corre tranquilo. No final da noite pedimos uma pizza e ficamos até tarde assistindo série. Você dorme nos meus braços e enquanto isso, volto a te olhar. Tudo que penso se resume a: Sou muito feliz por você ser sempre o meu amor. O que vivemos no passado e aquilo que está por vir. Cada momento é delicioso ao seu lado.

Eu te amo!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.