Parabéns consumidor…você é mesmo o rei!

Pra você que curte terceirizar uma culpa, dizendo que as coisas estão assim por causa do governo, dos bancos, da destruição do meio ambiente. É você que, como eu, lê que o dono da Zarah é o homem mais rico do mundo e se lembra que isso acontece as custas de gente trabalhando em condições sub humanas. O culpado de tudo isso é você (e eu). Assim como o imperador era o supremo mandante no Egito ou em Roma, e a igreja católica dona de grande parte do mundo na idade média, você é o mandante de toda atividade que ocorre e de toda diferença social na nossa era. Assim como dizem que não existe tráfico sem viciado, não existiria este sistema complexo e extremamente eficiente montado para uma só coisa…você adquirir produtos. Todo o sistema financeiro serve só para isso. Todo o mercado serve para isso. Para que seu desejo te permita entrar num estabelecimento, ser cortejado como os reis, ter o poder da escolha, a garantia de que nada sairá de errado e que sua vontade seja atendida. É fácil detectar quando isso passa dos limites. Vemos diariamente um consumidor tratando mal um funcionário de loja de conveniência simplesmente porque pode. Um desocupado tomando um tempo absurdo de uma equipe inteira já sabendo que nada quer. Um cliente cancelando o Uber já na porta da casa…fazem isso porque podem. Compram por 5 reais o que vale 100, por mais que isso custe a saúde de alguem do outro lado do mundo, porque podem! E fazem terceirizando a culpa também…o sistema é tão elegante que sempre o efeito está tão distante da causa….afinal o consumidor se sente absolvido a todo tempo. Sei que luta pelos animais…mas quer comprar uma comida mais barata…o boi ta muito longe pra você ver o que o processo de industrialização que te permite comprar a carne mais barata faz com a vida dele. Você defende o meio ambiente, mas quer suas compras bem ensacadas no mercado. Você está tão acostumado com facilidades que acredita realmente quando um político diz que vai fazer tudo aquilo se for eleito. Infelizmente, como ele não oferece um SAC pra você reclamar depois, fica chupando o dedo. Nossa sociedade é construída em torno do consumidor e só seu apetite pode mudar os rumos dela. Mais apetite, menos igualdade.

Podem ficar tranquilos que o departamento de satisfação do cliente vai resolver o caso se tudo der errado. Afinal você é um viciado e não tem poder de mudar. E como um viciado acaba morrendo antes de conseguir controlar seu desejo, você pode acabar com o mundo onde vive. Sobra um consolo… dessa vez não seremos julgados…não vai sobrar ninguém pra contar a história.