O GOVERNO NÃO TEM O QUE COMEMORAR

Foram 3 grandes manifestações, embora os analistas que estão bem em cima do muro avaliam com base em números de participantes, numa tentativa de desqualificação, o fato é que foram grandes manifestações. Para o governo somente seria comemorável se apenas 1 ou 2 cidades parassem tudo para protestar. Mas quando mais de 100 cidades resolvem num domingo ir as ruas contra o partido e a presidente, não tem celebração.

E não adiantou pagar para as TV´s comerciais silenciar em relação aos protestos, fica óbvio que a influência da TV e do próprio IBOPE já é bem menor, não significa tanto ter a audiência da televisão, a onda está mesmo nas redes sociais.

Na noite anterior a Globo levou ao ar o desgastado “Criança Esperança”, um show forçado, com aquela simpatia artificial dos atores globais e seus apresentadores, e tiveram a péssima ideia de trazer um rapper sem noção que chamou a população de “Klu Klux Klam que bate panelas”. Rapidamente nas redes sociais se descobriu que o individuo é financiado com dinheiro do Ministério da Cultura. Foi um tiro no pé da emissora. Se já está perdendo audiência, seus telejornais patinam, suas novelas caindo, arrumar briga com 90% da população é uma estratégia retardada. Problema é deles, o tio Bonner vai ter que dançar funk naquela bancada do JN.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Global Informer’s story.