A 5 jogos do adeus?

Copa América e possível negociação podem fazer Gabriel Jesus desfalcar o Palmeiras e se despedir em breve

Joia da base do Palmeiras interessa a grandes europeus (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Quinta-feira, 5 de maio de 2016, 11:21. Dunga confirma os 23 jogadores que disputam a Copa América Centenário. E lá está Gabriel Jesus, um dos jovens com idade olímpica incluídos na lista de pré-convocados. O visto de entrada nos EUA não vai servir só para as férias.

Sábado, 20 de agosto, 19:37. Com a ausência de Neymar, expulso na semifinal, o habilidoso atacante de 19 anos assume a responsa e brilha na decisão que dá a inédita medalha de ouro ao futebol brasileiro. Antes de subir ao pódio, a revelação palmeirense agradece ao clube e seus torcedores. O passaporte já vai ser carimbado de novo em poucos dias. Destino: Europa.

Não é sonho, muito menos comercial da Samsung. Apenas a realidade de uma iminente transferência. Espanha? França? Inglaterra? Alemanha? A notícia de que 5 dos maiores clubes europeus teriam desconto na multa rescisória do atleta veio no mesmo dia da primeira convocação para a Seleção principal.

Certamente, uma exigência do estafe de Gabriel. Entre sondagens, especulações e propostas, prioridade total para grandes camisas e ligas importantes. O recado é claro e faz todo sentido quando se trata de um talento promissor em tempos de cifras obscenas vindas de mercados como o da China.

Segundo o UOL, os gigantes que pagariam 20% a menos pela multa fixada em 30 milhões de euros (R$ 118,2 milhões) são: Real Madrid, Barcelona, Paris Saint-Germain, Bayern de Munique e Manchester United.

De acordo com jornais ingleses, o novo time do português José Mourinho entrou de vez na briga pelo atacante avaliado em 18 milhões de libras (R$ 90,3 milhões) por lá. O Atlético de Madri de Diego Simeone seria outro interessado.

Os valores e clubes envolvidos e o desejo de jogador e agentes por um grande centro sinalizam que o negócio dificilmente não será fechado na próxima janela européia. É pouco provável que o comprador espere mais seis meses ou um ano para pagar mais caro por um jogador que só deve se valorizar depois dos 4 gols e boas atuações individuais na Libertadores e a vitrine ainda maior com a camisa verde e amarela.

E o Palmeiras? Com a recente renovação de contrato e apenas 30% dos direitos do jogador, a diretoria não tem muito o que fazer senão assistir. O restante dos direitos é dividido entre dois empresários e a família do atleta.

Gabriel deve disputar as Olimpíadas já negociado com seu novo clube.

Presença nas seleções olímpica e principal pode abreviar história de Gabriel Jesus no Verdão (Getty)

Sim, palmeirense. Tudo isso é só pra dizer que há chances de a estreia no Campeonato Brasileiro contra o Atlético-PR ser a despedida do candidato a ídolo alviverde de sua torcida. O menino que seria a grande estrela da “Era Allianz Parque”.

Sábado, 21 de maio, 16:00. Estádio Moisés Lucarelli, Campinas. Ponte Preta x Palmeiras. Este pode ser o primeiro provável adeus. Muito possivelmente uma tarde fria e esquecida como qualquer segunda rodada de Brasileirão.

Se confirmado na lista de Dunga, Gabriel Jesus pega a ponte-aérea no dia seguinte para se apresentar à Seleção. Do Rio, para Los Angeles. A Copa América dura pelo menos até 12 de junho, dia de Palmeiras x Corinthians no Allianz Parque pela sétima rodada e de Brasil x Peru pela última fase de grupos do torneio continental.

Atacante tem 9 gols em 19 jogos pelo Palmeiras na temporada ( Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Se o Brasil chegar à final, em 26 de junho, lá se iriam mais quatro rodadas com um hipotético retorno de Jesus contra o Figueirense só no dia 29, em São Paulo. Na rodada 13, ele poderia enfrentar o Sport no Recife em 3 de julho, outra possível data de despedida.

Talvez o camisa 33 entre no gramado do Palestra Itália pela última vez no domingo 10 de julho para encarar o Santos na rodada seguinte a tempo de se apresentar novamente para a Seleção. O plano da CBF é ter de 15 a 20 dias de preparação antes do Torneio Olímpico, que começa dia 4 de agosto.

Em caso de final nos Jogos do Rio e transferência selada em meados de agosto, já seria hora de se apresentar com atraso na pré-temporada de um possível novo clube europeu. Até lá, seriam dois meses e meio e apenas mais quatro ou cinco jogos de Gabriel Jesus pelo Palmeiras.