o gato, o muro

assim deveria ser o meu melhor poema

um gato duela com um muro

se o gato cair, o muro vence

porquanto permanecer, o gato vence

mas não se satisfaz.


o organismo do gato exige

malabarismo, piruetas, cantorias

exige o passo medido no tijolo

e o salto mortal no escuro


meu poema é como o gato no muro

e como a alma no mundo

todas as vidas que gastei

todos os cemitérios que trago na garganta

conduzem a sua temporalidade

18 nov 95

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.