As 6 críticas sociais pesadas que você não conseguiu enxergar em Mad Max — A Estrada da Fúria
Larissa Palmieri
75690

No meio do texto tive que parar para poder procurar quem tinha escrito tanta coisa bacana, com uma visão de mundo tão clara… Fiquei muito feliz de ver que era uma mulher! Falo isso porque percebo que, infelizmente, ainda é pouco frequente as mulheres expressarem opiniões, pontos de vista e contribuições sobre assuntos que estejam fora do artificial “universo feminino” (não porque não sejam capazes ou não tenham opinião, mas porque não são encorajadas a expressá-las). E algumas das que o fazem ainda se fixam em subjugar os homens ao invés de buscar um equilíbrio que aponte para um bem-estar coletivo (embora isso seja compreensível, dado o status da mulher na sociedade). Acho que tanto você como o filme encontraram este equilíbrio. Parabéns!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.