Lançamento de O Pensamento Social no Brasil

Luiz Antonio de Castro Santos

O primeiro título em coedição entre a Gramma Editora e a EdUerj — Editora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro já está no prelo. O lançamento será em novembro em data e local ainda não definidos na cidade de São Paulo. Mais notícias em breve.

A estreia não poderia ser melhor: “Pensamento Social no Brasil” do Prof. Luiz Antonio de Castro Santos, nova edição revista e ampliada, agraciada com a especialíssima apresentação de Antonio Candido (1918–2017). A obra reflete a experiência e trajetória do autor em anos de docência e produção intelectual e, no atual momento de indefinição e desesperança, se mostra extremamente necessária. Confira um pequeno trecho abaixo:

“O presente livro é uma reedição, com o acréscimo de dois capítulos, de uma coletânea de ensaios publicados ao longo de algumas décadas, resultado de um antigo interesse sobre os estudos vinculados à tradição brasileira de “pensamento social”. […] Há, nesse sentido preciso, propósitos subjacentes que aproximam os autores aqui tratados. Todos revelam uma preocupação com o Brasil, uma intenção de “inventar” um país novo, gerar uma nação, criar metáforas, traduzir idiomas e regionalismos, propor lemas nacionais de superação de nossos problemas sociais, políticos, econômicos. Os ensaios tratam, mais de perto, dos autores que se situam na perspectiva de um estilo de “pensamento social” no Brasil, apesar da diversidade de perspectivas ou de pontos de vista políticos. No conjunto da produção dos autores discutidos neste livro, de Sérgio Buarque de Holanda a Antonio Candido; dos positivistas progressistas, como Pereira Barreto, aos agitadores das reformas na educação e saúde, como Azevedo Sodré, Arthur Neiva e Belisário Pena — esses últimos, figuras de destaque da Primeira República –, há a preocupação de reinventarmo-nos (como já se disse deles), em um sentido que se poderia chamar totalizador. Isto é, trata-se de entender o país, retratá-lo, discutir projetos e novos caminhos.”

Luiz Antônio de Castro Santos é PhD em Sociologia (Harvard University, 1987), Professor Visitante Sênior da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Professor aposentado da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde exerceu as funções de ensino e pesquisa desde 1987, no Instituto de Medicina Social (IMS/UERJ). Publicou dezenas de artigos em periódicos científicos e em livros e dedica-se a temas do Pensamento Social no Brasil e às Teorias Sociológicas, à Sociologia e à História da Saúde e ao estudo de representações sociais.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.