“A Maia merece uma equipa na 1ª divisão e não vejo porque não possamos ser nós”

Com a manutenção garantida, a época da Granja tem sido um sucesso, mas ainda não terminou. Em jogo está ainda a disputa pelo acesso à Final 8 da Taça de Portugal e os jogos de apuramento de campeão da 2ª divisão. Impunha-se por isso ouvir o presidente da AM Granja acerca da época que a equipa sénior de futsal tem tido até agora.

Jorge Bártolo aceita que “é uma realidade que a época tem sido um sucesso desportivo. Tem sido uma onda que vem crescendo de à uns anos para cá e atingiu esta época um ponto máximo, maior do que podiamos imaginar, logo no ano de estreia nos nacionais. Acabou por ser tudo muito rápido, definimos um objectivo e conseguimos garantir a manutenção o mais cedo possivel e isso foi importante”.

Apesar de não ter tido muito altos e baixos a equipa perdeu alguns jogadores (Zézinho, Silvio e Pincha), tendo tido apenas um reforço de inverno (Luis Silva), mas nem isso parece ter abalado a equipa. “De facto, tivemos essas ausências, mas o Miguel Mota nunca fez grandes exigências, pois sabe das nossas limitações financeiras, pediu-nos apenas no inicio da época a manutenção de alguns jogadores chave na equipa. Mas o nosso forte sempre foi uma grande coesão do grupo de trabalho, uma equipa técnica com vontade de vencer e jogadores, mesmo os mais jovens, que já sentem o espirito do clube, que têm também uma cultura de vitória”, referiu.

O facto de a época estar a correr de forma tão positiva, não poderá abrir portas a vôos mais altos? Para o presidente, só há um caminho, o de “crescer de forma consolidada e a todos os níveis. A Maia, como reconhecida capital do desporto, merece uma equipa na 1ª divisão e não vejo porque não possamos ser nós essa equipa. Não nos devemos no entanto precipitar, mas receio que o plano desportivo nos possa empurrar mais rápido para uma visão de 1ª divisão. Mas neste momento, sabemos que ainda não temos estrutura que nos permita competir com equipas de grande qualidade, necessitamos de mais apoio financeiro e institucional.”

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Granja Futsal’s story.